quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Veja os principais pontos do plano de governo Municipal de Djalma e Clovis

 




















EDUCAÇÃO


Por entendermos a educação como motor do crescimento e do desenvolvimento e que, por meio dela, alcançaremos a capacidade de geração de renda do cidadão, é que as ações promovidas devem estar enquadradas no ensino formal, priorizando ensino fundamental e educação infantil, a valorização da vida e o esporte.
A universalização do acesso a educação fundamental significa não permitir nenhuma criança ou adolescente do município sem escola. Portanto prioriza-se.

 Fazer melhoria nos transportes escolares e manutenção a cada ano letivo
 Reforma e ampliação das escolas rurais e urbanas.

Valorização dos profissionais da educação, com data base de pagamento e melhores condições de trabalho.

 Melhoria na qualidade da merenda escolar com fiscalização

 Melhoramento da inclusão digital nas escolas municipais com acesso a internet e laboratório de informática

 Resgatar as datas cívicas, realização de festividades apoio as fanfarras e aos jogos escolares.

 Incentivar as políticas de combate as drogas, prostituição infantil, exploração sexual de crianças e adolescente (pedofilia), bullying e racismo e todas as formas de preconceito

 Buscar alternativa para levar os universitários ate a capital para estudarem

  SAÚDE

Assumir compromisso de Governo na consolidação do Sistema Único de Saúde, com seus princípios fundamentais e constitucionais de acesso universal, igualdade ética e humanização no atendimento de todos e a defesa “radical”, energética, da democracia participativa, como eixo fundamental na formulação da política de saúde do nosso município.

 Manutenção e ampliação dos Postos de Saúde da Zona Rural

 Criação de Laboratório Municipal de Analises Clinica

 Mutirão de atendimento médico uma vês por mês nas unidades básicas de Saúde incluindo a Zona Rural em parceria com o Governo do Estado Exercito Brasileiro

Implementação e melhoria do programa Saúde nas Escolas

 Melhoramento na demanda no atendimento da Saúde da Mulher com profissionais especializados, realização de palestras, oficinas e realizações de exames específicos (ultrassonografia, Papanicolau, mamografia medico)

 Médicos Ginecologista e Pediatria

 Implementação do programa de atendimento da Saúde da criança, vacinação nas escolas e domicílios e diagnostico precoce com a realização de exames específicos (teste do pezinho etc.)

Erradicação da dengue e da malária trabalhando em parceria com a FUNASA e Secretaria Estadual da Saúde na erradicação dos mosquitos transmissores Aedes Aegypti e anopheles, Shikungunya, A/H1N1

 Valorização dos servidores em saúde com data base de pagamento e melhores condições de trabalho.

    RAMAIS


Recuperação e manutenção das estradas e ramais

Construção e recuperação de pontes e bueiros com acompanhamento técnico

 Em parceria com os produtores rurais e associações identificar e melhorar os pontos críticos nos ramais de cada comunidade com parceria do Governo Estadual e Federal

 Reativar a fabrica de bueiras

        AGRICULTURA E PECUÁRIA

 Criação de uma cooperativa agrícola mista para implantação de novas culturas, Implementação das culturas existentes, industrialização e processamento da produção, aquisição de maquinas e implementos agrícolas, criação de feiras livre para as vendas dos produtos na cidade, fornecendo transporte em apoio aos produtores rurais

 Apoio genética nos rebanho Bovino Leiteiro e de corte, implementação na apicultura, Piscicultura, Ovinocultura, Avicultura, com incentivo ao empresário na construção de frigoríficos e abatedouros, incentivo na assistência técnica, nas linhas de créditos especiais e parceria com EMBRAPA, SEAPROF, e Ministério da Agricultura e SEBRAE

Construção de um galpão para ser repassada a cooperativa dos bananeiros

 Recuperação, criação e melhoramento das associações de produtores rurais.

 Fomentar a criação do conselho de Agricultura e Agropecuária no ramal.

             INDÚSTRIAS E COMÉRCIO E GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA


Promover o desenvolvimento e a diversificação das bases produtivas locais mediante a intensificação dos diferentes níveis de utilização das vocações e potencialidades, sobremodo aquelas intensivas (ostensivas) em mão de obra.
1.1 Criar parceria com o governo estadual e Federal para o crescimento do distrito Industrial já existente, com atração de novos empreendimentos em todos os setores da indústria (Movelaria, Marcenarias, Cerâmica, Industrialização de alimentos, Vestuários Estrutura Metálicas, Pré-Moldados, etc.

1.2 Criar uma cooperativa forte para geração de empregos e renda no setor de confecções, criando uma marca própria para confecção de jeans, camisetas, bonés lingeries, e vestuário de segurança, buscando uma linha de credito junto ao BNDES ou outras instituições Bancaria para a construção de barracão e aquisição de maquinários, para trabalhar inicialmente com no mínimo trezentas mulheres e com capacidade de ampliação a cada ano

1.3 Apoio a associação comercial que será usada como instrumento para que os comerciantes locais tenha acesso a todo tipo de assistência técnica e apoio jurídico para melhor gestão de seus empreendimentos



    ASSISTÊNCIA SOCIAL

Pode ser competência dos Municípios a realização das políticas socias e, por extensão, a função de garantir os direitos sociais dos cidadãos, é que propomos ações de governo que resultem na sua efetivação.
Também reconhecemos a necessidade do envolvimento dos três níveis de governo em programas articulados para gerarem maior impacto frente a realidade social de exclusão em que vivem muitas famílias.

1.1 PROJETO MENINA MULHER

O Projeto Menina Mulher, esta vinculada a Secretaria de Assistência Social em parceria com a Secretaria de Educação trabalha com adolescente na faixa etária entre 10 a 14 anos, no período contrario ao ensino regular, com o objetivo de auxiliar nas atividades escolares, oportunizar momentos de recreação, trabalhos semanais de aula de culinária, artesanato, e promover palestras com assuntos direcionados a faixa etária junto com CRAS (Centro de Referencia da Assistência Social), SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vinculo), CREAS (Centro de Referência Especializada em Assistência Social), Secretaria de Saúde, PROERD (Programa Educacional de Residência as Drogas e a Violência)

1.2 PROJETO RESGATE DA JUVENTUDE

Oferecer aos adolescentes, com idade entre 12 e 16 anos, a oportunidade de participar de um processo de formação sócio- educativa, através de aulas de reforço escolar, recreação, palestras, vídeos educativos, aulas de plantio de hortaliças e flores, que busquem possibilitar a vivencia pratica de um trabalho, a sua formação pessoal, o resgate da auto-estima e cidadania. O valor das vendas das hortaliças e mudas de flores vendidas no projeto é revertido aos próprios alunos.
1.3 PROJETO OLHANDO O FUTURO DOS NOSSOS JOVENS

Este projeto tem como objetivo oferecer cursos de formação inicial e continuada de trabalhadores para adolescente de ambos os sexos, matriculados na rede municipal, estadual ou particular de ensino, com idade entre 14 a 18 anos, visando qualificá-los para o mercado de trabalho.
Cursos ofertados: Noções de Secretariado, Atendente Comercial, Bijuteria, Informática Básica, Informática Avançada, Garçom Garçonete e Salão de Beleza.


1.4 PADARIA COMPARTILHADA

O projeto padaria compartilhada, tem como finalidade desenvolver ações de formação profissional e promoção social, voltadas para as mulheres, oportunizando sua profissionalização, integrando-as na sociedade e melhorando a qualidade de vida das participantes, este projeto atua também na geração de renda e oportunidade de trabalho, procurando diminuir o índice de pobreza das mulheres de faixa etária entre 20 a 59 anos, que vivem em situação de vulnerabilidade social, fazendo com que além de receberem treinamentos profissionalizantes na área de panificação e confeitaria, melhorem a auto-estima, a renda familiar e retornem seus estudos.

1.5 MÃES ATIVAS

Este projeto trabalha com mulheres da área urbana e rural, com atividades desenvolvidas em artesanatos, e parte de culinária. O projeto também tem o intuito de auxiliar na auto-estima e convívio social dos envolvidos.

      SEGURANÇA PÚBLICA


Na segurança pública os problemas relacionados à área são crescentes e complexos, ocasionados entre muitos fatores: decorrência de desajuste social, por uma média urbanização desordenada da cidade e muito, pela falta de emprego e renda para a população.
Através de um modelo de gestão solidaria, propor junto à comunidade, alternativas para o enfrentamento desta, que é sem dúvida, uma das maiores preocupações dos cidadãos.

1.1 Promover com o governo estadual e federal parcerias para a prática de ações buscando um maior nível de segurança e um melhor atendimento, disponibilizando se necessárias for equipamentos e pessoal da própria administração municipal
1.2 Criações de guarda de segurança em parceria em parceria com associações de moradores, policias, comerciantes e empresários e Justiça Pública e treinamento de agentes de monitoramento
1.3 Solicitar junto ao Governo do Estado o aumento da guarnição, viaturas e contingente
1.4 Solicitações de construção de postos policiais em bairros e Distrito
1.5 Incentivar a criação da Guarda Mirim
         

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Candidato a Prefeito Djalma realiza primeira reunião nesta quinta-feira no bairro Portelinha

A coligação Juntos Com Coragem e atitude do candidato a prefeito Djalma do PP, realizara um arrastão com visitas a todos os domicílios no bairro Portelinha, acompanhado do candidato a vice-prefeito Clóvis e dos candidatos a vereadores das duas chapas proporcionais de sua coligação.

No período na noite por volta das 19h30min hs será realizada a primeira reunião no bairro, (mini comício) em uma das principais ruas, em frente  a mercearia do Aroldo, com a presença dos candidatos. Djalma irá ter a oportunidade de levar sua mensagem e seu plano de trabalho aos moradores do bairro Portelinha e demais pessoas que deverão vir de outros pontos da cidade, para verem de perto os candidatos e ouvirem seus discursos de trabalho em prol da comunidade de Acrelândia, caso sejam eleitos.

A equipe de candidatos e apoiadores dos candidatos Djalma e Clóvis já estão nas ruas, com uma campanha forte desde ontem, 16/08, e até o momento tem sido o grupo político a fazer demonstração de força e organização, fazendo a diferença junto ao eleitorado do município.
Da assessoria.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Senador Petecão declara apoio à pré-candidatura de Djalma em Acrelândia

Nesta segunda-feira (15), durante um café da manhã na residência do senador Sérgio Petecão (PSD), o parlamentar declarou apoio à pré-candidatura de Djalma (PP) na corrida eleitoral pela prefeitura de Acrelândia.
“Djalma pode ficar tranquilo, eu e o PSD inteiro apoiaremos seu nome e o de seu vice, Clóvis, na disputa pela prefeitura de Acrelândia. E mais futuramente quando você sair vitorioso dessa disputa, conte comigo no senado, estamos juntos” disse o senador.
Na reunião estiveram presentes além de Petecão, Djalma e Clóvis, o líder do PSD em Acrelândia Paulo Soares, e pré-candidatos a vereador do partido no município do interior.
Djalma reforçou a importância de ter o apoio de parlamentares de grande representatividade popular como os senadores Petecão e Gladson Cameli (PP): “Poder contar com o apoio de dois senadores em meu palanque, me dá a certeza que terei maneiras de fazer o que é melhor para Acrelândia. Só quem tem a ganhar é o povo com essa representatividade e estamos juntos rumo à vitória”, disse o pré-candidato.

sábado, 13 de agosto de 2016

Candidatos a Vereadores do PSB em Acrelândia tem santinhos divulgados antes do tempo no Facebook.

A propaganda eleitoral começa só em 16 de agosto/2016, e somente a partir de então pode-se pedir votos, utilizar números de campanha, fazer materiais gráficos (santinhos, adesivos, etc).

Mais o PSB de Acrelândia teve seus santinhos de candidatos a vereadores divulgados na noite de sábado 13, por um perfil na rede social com o nome de Marcelo Pereira. Que inclusive marcou varias pessoas de Acrelândia.

 Propaganda antecipada
A Lei nº 13.165/15 alterou as regras relativas à propaganda eleitoral antecipada, ou seja, aquela que ocorre antes do prazo final para registro de candidatura. Antes, a propaganda eleitoral podia começar a partir do dia 5 de julho. Agora, somente a partir de 16 de agosto é que os partidos e os candidatos poderão iniciar suas campanhas eleitorais.



IMAGEM do FACEBOOK

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Multas por queimadas podem chegar a quase R$ 9 mil em Acrelândia

Em período de poucas chuvas e muito calor, várias queimadas são provocadas em diversas áreas rurais e urbanas do Acre. Para tentar amenizar esse cenário, o prefeito de Acrelândia fez um decreto que estipula multas ,que podem variar de R$ 440 até R$ 8, 8 mil, para quem queimar em propriedades privadas. O decreto foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira e entra em vigor a partir do dia 18.
Na publicação, a prefeitura considera 1º de maio a 31 de outubro como o período de seca do "verão amazônico" e que as queimadas aumentam, tanto na zona rural como na zona urbana. Além disso, afirma o aumento de pessoas procurando atendimento médico na rede pública de saúde por problemas respiratórios.
O valor das multas foi estabelecido em cima de meio salário mínimo até dez salários mínimos. A quantia será estimada de acordo com a extensão da área destruída.
O prefeito Jonas Dales Silva afirma ainda que foi a melhor forma encontrada para diminuir os focos de queimada.
“A gente tem feito palestras e campanhas de conscientização, mas, mesmo assim está sendo insuficiente. Então, foi a forma que a gente achou para coibir essas pessoas”, afirma o prefeito.
Ele alega que um grande número de incêndios foi registrado em assentamentos, chácaras e na cidade. “O nosso medo é que a previsão para chuva não é muito animadora. Então, estamos prevenindo que não se repita uma situação que aconteceu aqui em 2005, em que praticamente 80% de Acrelândia foi queimada”, afirma Silva.
Ele reforça ainda que a cidade é a maior produtora de café e banana do estado e que as queimadas também estão atingindo essas produções. “Nossa preocupação é que a gente proíba isso para que nossa produção não venha a sofrer e nem passar o que passou em 2005”, afirma o prefeito.

Denúncia contra a prefeitura

Ao saber sobre o novo decreto da prefeitura de Acrelândia, o comunicador Nesio Carvalho fez uma denúncia de que a própria prefeitura realiza queimadas no lixão da cidade. Segundo o morador, o lixão fica dentro da cidade e a fumaça é ainda pior para a saúde da população.
“O lixão é queimado. O fogo parou porque veio o Corpo de Bombeiros e a chuva apagou, mas durante a seca se queima constantemente o lixão da cidade para esvaziar espaço e colocar mais lixo”, denuncia.
O prefeito Jonas nega que o fogo seja ateado pela prefeitura e que é a população quem realiza as queimadas no local. “De jeito nenhum fazemos isso. O que acontece é que de vez em quando o lixão queima lá mesmo e tentamos fazer esse controle. E quem queima as coisas não é a prefeitura, é a própria população que entra lá e taca fogo de maldade”, defende o prefeito.
Para Carvalho, a preocupação da prefeitura não deveria ser em criar multas. “A primeira preocupação que o poder público deveria ter é a criação de um aterro sanitário ou não deixar o lixo queimando dia e noite, atrapalhando a saúde da população”, opina.
“A nossa intenção é coibir as pessoas que fazem isso, nossa intenção é justamente essa, criar uma forma de penalizar as pessoas que estão botando fogo criminoso”, finaliza o prefeito.

FONTE: G1ACRE

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Planos decenais para crianças e adolescentes serão construídos em Acrelândia.

O projeto que tem o objetivo de construir os planos decenais dos direitos humanos de crianças e adolescentes de todos os municípios do Estado será lançado nesta terça-feira, 9, no auditório da Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), em Acrelândia, pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

A criação do Plano Decenal dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente foi inspirada pelo artigo 86 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que prevê ações articuladas entre as diferentes esferas governamentais e não governamentais.

A principal finalidade do plano é articular, para os próximos dez anos, a várias políticas setoriais voltadas ao público infanto-juvenil, além de orientar a implementação de políticas que efetivamente garantem os direitos de crianças e adolescentes conforme prevê a Constituição e o ECA.

“O plano decenal nada mais é do que tentar materializar todas as políticas de defesa dos direitos humanos da criança e do adolescente prevista no estatuto”, destacou José Conceição dos Santos, chefe da Divisão dos Direitos Individuais, Difusos e Coletivos da Sejudh.

A Sejudh vai aos municípios para colaborar por meio do assessoramento técnico, iniciando o processo de elaboração do plano decenal. “Ao encerrar nosso seminário, temos que definir quem é a comissão intersetorial do município que vai dar continuidade e transformar aquilo tudo numa proposta de lei que vai justamente para a Câmara”, afirmou Selma Neves, coordenadora do Projeto de Construção dos Planos Decenais Municipais dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente na Sejudh.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Participação de candidatos em programação televisiva e de rádio está proibida; propaganda política é vetada

As emissoras de rádio e televisão não poderão transmitir em programação normal ou noticiário, ainda que sob a forma de entrevista jornalística, imagens de realização de pesquisa ou de qualquer outro tipo de consulta popular de natureza eleitoral em que seja possível identificar o entrevistado ou que haja manipulação de dados. A determinação entrou em vigor neste sábado (6).

A Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97) e a Resolução nº 23.457/2015 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também vedam às emissoras veicular propaganda política ou difundir opinião favorável ou contrária a candidato, partido, coligação, seus órgãos ou representantes, além de tratamento privilegiado a candidato, partido ou coligação.

Outra proibição é veicular ou divulgar, mesmo que dissimuladamente, filmes, novelas, minisséries ou qualquer outro programa com alusão ou crítica a candidato ou partido político, exceto programas jornalísticos ou debates políticos.

A legislação também proíbe a divulgação de nome de programa que se refira a candidato escolhido em convenção, ainda quando preexistente, inclusive se coincidente com o nome do candidato ou com a variação nominal por ele adotada. Sendo o nome do programa o mesmo que o do candidato, fica proibida a sua divulgação, sob pena de cancelamento do respectivo registro.

Os crimes na área eleitoral também são de ação penal pública. Desta forma, apenas o Ministério Público está autorizado a oferecer denúncia ao Judiciário por crime eleitoral. Os crimes eleitorais e as respectivas penas estão previstos nos artigos 289 a 364 do Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965). Os artigos 355 a 364 do Código Eleitoral definem como é o processo das infrações.
Ocorreu um erro neste gadget