quinta-feira, 15 de setembro de 2016

PSB rebate criticas a Caetano e afirma que ele é um candidato integro e competente


O candidato Caetano recebe apoio irrestrito da direção do partido do PSB Com uma campanha consolidada e que caminha para a vitória, Caetano (PSB) tem sido vítima de uma série de boatos infundados e mentiras deslavadas, chegando inclusive a dizer que a candidatura dele é de outra sigla que não a do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Na tarde de quinta-feira (15), o presidente regional do PSB-Acre, Gabriel Maia, emitiu nota onde elogia Caetano, reitera o compromisso dele com o partido e a vontade que o candidato possui de construir uma Acrelândia com oportunidades iguais para todos. Veja a nota na integra:

O Caetano é nosso candidato, do PSB e tem o apoio do partido no Acre e no Brasil. A campanha de Caetano conta com a participação e apoio de toda a executiva estadual e seus líderes, incluindo o deputado estadual Manoel Moraes e deputado federal Cesar Messias. Como Caetano é um homem sério, honrado e competente os adversários não tem como ataca-lo e inventam estas tolices sobre sua candidatura. Estamos certos que quando eleito, Caetano administrará para todos e trabalhará pelo desenvolvimento da cidade e pelo bem comum. Atenciosamente, Gabriel Maia- Presidente regional do PSB.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Mantida decisão que afastou prefeito de Acrelândia

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Acre negou a concessão de efeito suspensivo, pelo prefeito de Acrelândia Jonas Dales da Costa Silva, na tentativa de reverter decisão liminar proferida pelo Juízo da Vara Cível da Comarca de Acrelândia, determinando o seu afastamento do cargo por suposto ato de improbidade administrativa.
A Ação Civil Pública promovida pelo Ministério Público do Acre tem como base inquérito civil, onde são investigados os gastos de combustível no Município de Acrelândia, bem como possíveis ilegalidades nos processos licitatórios e contratos administrativos. Por isso, o Juízo de 1º Grau determinou a manutenção do período de afastamento estipulado em 150 dias.
Ao analisar o Agravo de Instrumento interposto pelo gestor municipal na tentativa de retornar ao cargo, o desembargador Roberto Barros, relator do processo, apontou que este é o segundo afastamento provisório imposto ao agravante.
Na decisão, Barros enumerou ainda que o gestor foi intimado a prestar depoimento em duas ocasiões e não compareceu a primeira, em 12/04/2016 e a segunda, em 07/07/2016 , somente havendo indicativo de que este tenha apresentado alguma justificativa para não comparecer a ultima dessas oitivas.
Entenda o caso
A referida Decisão Interlocutória determinou a indisponibilidade dos bens e veículos de Jonas Dales da Costa Silva e de Auto Posto Norte Norte Com. de Derivados de Petróleo Ltda.. Também decretou o afastamento cautelar do requerido do cargo de prefeito, pelo prazo de 150 dias, sem prejuízo de seus vencimentos.
Consequentemente, a decisão estendeu a proibição deste em adentrar as dependências da Prefeitura Municipal de Acrelândia, bem como a qualquer agente público municipal de franquear-lhe acesso, sob pena de imposição de multa pessoal de R$ 10 mil reais e encaminhamento à Delegacia da Polícia Civil pelo crime de desobediência e prevaricação.
Inconformado com a medida cautelar, o prefeito impetrou Agravo de Instrumento perante o TJAC, sustentando que não há razões para o afastamento de suas funções constitucionais, mormente a partir das alegações de que poderia influenciar testemunhas ou interferir de quaisquer formas. Assim, fundamentou que a adoção dessa medida somente se legitima como excepcionalidade, de indispensabilidade manifesta, inadmitida a interpretação extensiva.
No entendimento deste, a decisão liminar demonstra-se desarrazoada e acarreta grave lesão à ordem púbica, já que prejudica o regular exercício do Executivo Municipal, pois o afastamento não pode servir para turbinar procedimento administrativo instaurado no âmbito do Ministério Público Estadual.
O gestor refutou também os parâmetros utilizados pelo Parquet para atribuir exagero ao consumo de combustível pelo Município de Acrelândia, já que não há nos autos informações sobre o consumo, a frota e as situações adversas que teriam sido enfrentadas pela municipalidade.
O MPAC, como agravado, tem o prazo de 15 dias para apresentar contrarrazões. O mérito do recurso ainda será levado a julgamento, podendo ser mantida ou não a decisão proferida pelo relator.

Fonte:AC24HORAS

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Ex-prefeito de Sena Madureira, Nilson Areal, é preso por desvio de verba pública

O ex- prefeito de Sena Madureira, Nilson Areal foi preso na tarde desta segunda-feira, 12, no município, que fica a 143 km da capital Rio Branco. Segundo denúncia do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), o ex-prefeito de Sena Madureira participou de forma ativa de esquema criminoso instalado na prefeitura do município ao ordenar a contratação e remuneração de pessoas por serviços não prestados.

Juntamente com Nilson Areal, foram condenados a diretora financeira à época, Cecília Teixeira de Sousa, Jussara Santos de Matos, Evangélico Ferreira Moreira, Antônia da Silva Pessoa, Adalvani Pinheiro de Carvalho e Jailson de Souza Barbosa, condenados por receber o pagamento por parte da prefeitura municipal sem trabalhar.

Na sentença, fica comprovada a montagem de um esquema em Sena Madureira, nos anos de 2011 e 2012, para o desvio e utilização indevida de verbas públicas. A situação foi descoberta após instauração de procedimento  investigativo criminal para apurar crimes praticados pelo ex-prefeito. Nesse contexto, o MPAC ofereceu duas denúncias. sendo que um processo aguarda julgamento e no outro ele foi condenado.

Nilson Areal nomeava, sem qualquer rigor técnico, particulares para prestar serviço na rede pública de educação, pelo tempo de 1 a 3 meses. Como os funcionários fantasmas nunca apareceram para trabalhar, Nilson e Cecília criaram ordenações fictícias de despesas para justificar os pagamentos indevidos.

 Das penas

Nilson Roberto Areal de Almeida teve a pena definitiva fixada em dezoito anos e oito meses de reclusão em regime fechado, não podendo responder em liberdade.

A ex-secretária de finanças do município, Cecília Teixeira de Sousa, foi condenada a dezesseis anos de reclusão em regime fechado, também sem possibilidade de responder em liberdade.

Os demais acusados devem cumprir dois anos e quatro meses de reclusão em regime aberto, tendo o direito de recorrer da prisão em liberdade.

Agência de Notícias do MPAC

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Com reservatório seco, cidade do AC tem água apenas para mais 4 dias

Os mais de 14 mil habitantes de Acrelândia, município a 105 quilômetros de Rio Branco, atravessam uma grave crise hídrica devido à seca do reservatório que abastece a cidade. O diretor-presidente do Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Edvaldo Magalhães, disse nesta quarta-feira (7), que as medições apontam que o reservatório de água deve manter o abastecimento apenas por mais quatro dias.
O depósito de água possui 2,8 metros de profundidade, mas, nesta quarta, no ponto mais profundo, marcou 75 centímetros, em outros locais chegou a 25 cm. Magalhães explica que a captação de água em Acrelândia é feita em um açude abastecido por três pequenos córregos, mas dois teriam secado e, em apenas quatro dias, o volume de água baixou mais de um metro.
"Acredito que tudo isso é uma coisa da natureza mesmo, porque é inexplicável o que aconteceu. Temos dificuldade até de fazer medições e projetar como deve ficar a situação, pois foi tudo muito rápido. A região é muito seca, não tem rio nem igarapés nas proximidades. Acredito que secou tanto que não havia nada para alimentar e o nível caiu bruscamente", disse.
Racionamento
Na última terça-feira (6), o órgão aumentou os dias de racionamento e os moradores recebem água apenas a cada dois dias. Um dos motivos da queda brusca no nível do reservatório, segundo o diretor, seria a ampliação da rede de abastecimento. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que o município possui uma população estimada de 
14,1 mil pessoas.

O município é banhado pelo Rio Abunã, mas, segundo o diretor, o Depasa fica inviabilizado de usar o manancial porque ele fica a 17 km da cidade.
"Outro motivo foi a construção de uma adutora do Centro da cidade até a Vila Redenção. Mesmo assim, a dificuldade de bombear água para vila também é grande. Pedimos que as pessoas não desperdicem. Por enquanto, o abastecimento está tranquilo, mas se o racionamento aumentar pode causar problemas aos moradores", lamenta.
Medidas
Para evitar o desabastecimento total, o Depasa programa três medidas, entre elas aumentar o racionamento para três dias.
Outra iniciativa é usar bombas mergulhão para bombear a água de um reservatório menor, que fica próximo a bomba de captação flutuante. Isso, segundo Magalhães, deve garantir mais quatro dias de abastecimento.
Em um vídeo gravado pela equipe do Depasa, é possível ver o contraste entre o açude que está seco e o que ainda possui água.

O diretor do Depasa relata que conversaram com um piscicultor da região, que possui quatro tanques acima do reservatório, e devem buscar, na quinta-feira (8), uma maneira de transferir essa água para o açude que está seco.
"Vamos até o local buscar uma maneira de captar essa água por gravidade, pois fica acima do nosso reservatório. Não podemos deslocar a bomba de captação, pois é um flutuante, teríamos que fazer uma adutora. Vamos, por gravidade, jogar a água dentro do nosso açude. Fazendo uma conta conservadora, com essas medidas, teremos ao menos 20 dias de água", finaliza.

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Vaca, Cutiara, Calango e Caninana disputam Eleições 2016 no Acre


Para conquistar votos e chamar a atenção do eleitorado, alguns candidatos que disputam uma vaga nas câmeras municipais do Acre apostaram no bom e velho apelido. A disputa pelo cargo de vereador inclui Pequena Manteiguinha, Calango, Vaca, Caninana, Cutiara e Cachorrão. E, caso você escolha um desses representantes, o nome que aparecerá na urna será o apelido dessas pessoas, pois foi dessa forma que registraram a candidatura no Tribunal Regional Eleitoral no Acre (TRE-AC).
Ao todo, 2.133 postulantes concorrem às vagas na Câmara Municipal. Em Rio Branco, os destaques são a candidata Pequena Manteiguinha (PMD) e Cachorrão (PHS), que aparecem registrados no site do Tribunal Superior Eleitoral.
No interior do estado, também aparecem os apelidos, como o do candidato do Bujari que reinventou a palavra cabeça e passou a escrever KBÇA (PMDB). Na cidade de Cruzeiro do Sul, distante 648 quilômetros de Rio Branco, um dos nomes que chama atenção é o do candidato Caninana (PSDC), o nome é de uma espécie de serpente encontrada nas Américas Central e do Sul.
O mesmo acontece em Acrelândia, cidade distante 105 km da capital, os que mais se destacam são Calango (PCdoB) e Cutiara (PP), que também é uma espécie de serpente venenosa. A lista continua em Epitaciolândia, município a 230 km de Rio Branco, onde um dos candidatos se chama Vaca (PMDB).
Eleições no Acre
O TSE divulgou que o Acre possui mais de 500 mil eleitores aptos a votar. A maior parcela do eleitorado está em Rio Branco, um total de 241.196 mil. Já o menor eleitorado do estado está em Santa Rosa do Purus, onde estão registrados 3.157 mil eleitores.
Do total de eleitores registrados, a maioria (51%) são mulheres – 271.850 mil. Entre os homens, os eleitores aptos são 260.598 mil (49 %). Os dados sobre o eleitorado masculino nas cidades de Feijó, Mâncio Lima, Rodrigues Alves e Sena Madureira não foram informados.
Nestas eleições municipais, o percentual de eleitores que têm 16 ou 17 anos corresponde a 2,83%, já os eleitores com mais de 70 anos são 5,28% do eleitorado acreano.
Segundo o TSE, Rio Branco continua a única cidade do Acre com possibilidade de haver segundo turno, por ter mais de 200 mil eleitores.
Já em relação ao grau de instrução, de acordo com o TSE, apenas 7,86% dos eleitores possuem ensino superior completo, enquanto 5,71% têm ensino superior incompleto. Os índices de eleitores com ensino médio completo e incompleto são de 18,22% e 15,% respectivamente.

Aqueles que têm apenas ensino fundamental completo são 5,28% e os que não concluíram o fundamental são 23,24% do eleitorado. Por fim, 13,49% dos eleitores acreanos apenas leem e escrevem, enquanto 10,58% são analfabetos.

FONTE:G1 AC

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Conheça Sergio Duarte o candidato a vereador mais novo da historia de Acrelândia .

Sergio Duarte, nascido na cidade de alta floresta d'Oeste RO. No dia 22 de janeiro de 1997 . Filho de agricultores, morou na zona rural da cidade de Alto Alegre dos Parecis até o seus 4 anos de idade. No ano de 2001, com 4 anos de idade veio com sua família para Acrelândia AC, onde mora ate hoje, sempre morando na zona rural Conseguiu completar o ensino médio com muito sofrimento e esforço, pois dependia do transporte escolar para chegar a escola, pois morava ha 16 km da escola . E os ramais nos últimos anos ficaram precários . Graças a Deus concluiu seus estudos e hoje é técnico em administração.

Sempre morou na zona rural trabalhando com seu pai, ajudando o nas lavouras de café banana e com suas criações.

 Tem  ficha limpa, nunca se envolveu com coisas erradas, graças aos ensinamentos que recebeu de sua família pois, toda sua família são muitos religiosos.
Hoje com 19 anos de idade resolveu entrar na política e colocar seu nome para vereador a disposição para a população,  pois atualmente Acrelândia está passando por momentos difíceis e os políticos com mandato não estão nos representando como como deveria nos representar. Precisamos fazer uma reforma política em nosso cidade, precisamos de mudança, de renovação,  por isso colocou seu nome a disposição, e já esta  entrando para a história do município como o candidato mais jovem a disputar uma eleição para vereador.

Sergio falou de que forma pretende trabalhar.

Quero trabalhar de uma forma diferente,  com novos projetos novas Ideias. Sem ficar falando mau e criando confusão com os demais companheiros de trabalho na Câmara, pois em minha opinião quando acaba a campanha os políticos eleitos tem que se unir para trabalhar e resolver os problemas do município,  e não ficar brigando entre si, pois quando isso acontece quem se prejudica é a população.
Quero dar apoio a juventude,  e não só a juventude,  mais todas as classes de idade do nosso município. Buscando preparar esses jovens com mais cursos profissionalizantes, trabalhando com parcerias com o SEBRAE, SENAI, SENAC pronatec, e outros. Na agricultura quero dar total apoio ao colono, sempre fiscalizando e fazendo indicações para que sempre eles passam ter um ramal de maior qualidade.

 Criar o dia da festa da banana em Acrelândia, para que possamos comemorar o dia do maior produtor de banana do Estado.                          

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Veja os principais pontos do plano de governo Municipal de Djalma e Clovis

 




















EDUCAÇÃO


Por entendermos a educação como motor do crescimento e do desenvolvimento e que, por meio dela, alcançaremos a capacidade de geração de renda do cidadão, é que as ações promovidas devem estar enquadradas no ensino formal, priorizando ensino fundamental e educação infantil, a valorização da vida e o esporte.
A universalização do acesso a educação fundamental significa não permitir nenhuma criança ou adolescente do município sem escola. Portanto prioriza-se.

 Fazer melhoria nos transportes escolares e manutenção a cada ano letivo
 Reforma e ampliação das escolas rurais e urbanas.

Valorização dos profissionais da educação, com data base de pagamento e melhores condições de trabalho.

 Melhoria na qualidade da merenda escolar com fiscalização

 Melhoramento da inclusão digital nas escolas municipais com acesso a internet e laboratório de informática

 Resgatar as datas cívicas, realização de festividades apoio as fanfarras e aos jogos escolares.

 Incentivar as políticas de combate as drogas, prostituição infantil, exploração sexual de crianças e adolescente (pedofilia), bullying e racismo e todas as formas de preconceito

 Buscar alternativa para levar os universitários ate a capital para estudarem

  SAÚDE

Assumir compromisso de Governo na consolidação do Sistema Único de Saúde, com seus princípios fundamentais e constitucionais de acesso universal, igualdade ética e humanização no atendimento de todos e a defesa “radical”, energética, da democracia participativa, como eixo fundamental na formulação da política de saúde do nosso município.

 Manutenção e ampliação dos Postos de Saúde da Zona Rural

 Criação de Laboratório Municipal de Analises Clinica

 Mutirão de atendimento médico uma vês por mês nas unidades básicas de Saúde incluindo a Zona Rural em parceria com o Governo do Estado Exercito Brasileiro

Implementação e melhoria do programa Saúde nas Escolas

 Melhoramento na demanda no atendimento da Saúde da Mulher com profissionais especializados, realização de palestras, oficinas e realizações de exames específicos (ultrassonografia, Papanicolau, mamografia medico)

 Médicos Ginecologista e Pediatria

 Implementação do programa de atendimento da Saúde da criança, vacinação nas escolas e domicílios e diagnostico precoce com a realização de exames específicos (teste do pezinho etc.)

Erradicação da dengue e da malária trabalhando em parceria com a FUNASA e Secretaria Estadual da Saúde na erradicação dos mosquitos transmissores Aedes Aegypti e anopheles, Shikungunya, A/H1N1

 Valorização dos servidores em saúde com data base de pagamento e melhores condições de trabalho.

    RAMAIS


Recuperação e manutenção das estradas e ramais

Construção e recuperação de pontes e bueiros com acompanhamento técnico

 Em parceria com os produtores rurais e associações identificar e melhorar os pontos críticos nos ramais de cada comunidade com parceria do Governo Estadual e Federal

 Reativar a fabrica de bueiras

        AGRICULTURA E PECUÁRIA

 Criação de uma cooperativa agrícola mista para implantação de novas culturas, Implementação das culturas existentes, industrialização e processamento da produção, aquisição de maquinas e implementos agrícolas, criação de feiras livre para as vendas dos produtos na cidade, fornecendo transporte em apoio aos produtores rurais

 Apoio genética nos rebanho Bovino Leiteiro e de corte, implementação na apicultura, Piscicultura, Ovinocultura, Avicultura, com incentivo ao empresário na construção de frigoríficos e abatedouros, incentivo na assistência técnica, nas linhas de créditos especiais e parceria com EMBRAPA, SEAPROF, e Ministério da Agricultura e SEBRAE

Construção de um galpão para ser repassada a cooperativa dos bananeiros

 Recuperação, criação e melhoramento das associações de produtores rurais.

 Fomentar a criação do conselho de Agricultura e Agropecuária no ramal.

             INDÚSTRIAS E COMÉRCIO E GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA


Promover o desenvolvimento e a diversificação das bases produtivas locais mediante a intensificação dos diferentes níveis de utilização das vocações e potencialidades, sobremodo aquelas intensivas (ostensivas) em mão de obra.
1.1 Criar parceria com o governo estadual e Federal para o crescimento do distrito Industrial já existente, com atração de novos empreendimentos em todos os setores da indústria (Movelaria, Marcenarias, Cerâmica, Industrialização de alimentos, Vestuários Estrutura Metálicas, Pré-Moldados, etc.

1.2 Criar uma cooperativa forte para geração de empregos e renda no setor de confecções, criando uma marca própria para confecção de jeans, camisetas, bonés lingeries, e vestuário de segurança, buscando uma linha de credito junto ao BNDES ou outras instituições Bancaria para a construção de barracão e aquisição de maquinários, para trabalhar inicialmente com no mínimo trezentas mulheres e com capacidade de ampliação a cada ano

1.3 Apoio a associação comercial que será usada como instrumento para que os comerciantes locais tenha acesso a todo tipo de assistência técnica e apoio jurídico para melhor gestão de seus empreendimentos



    ASSISTÊNCIA SOCIAL

Pode ser competência dos Municípios a realização das políticas socias e, por extensão, a função de garantir os direitos sociais dos cidadãos, é que propomos ações de governo que resultem na sua efetivação.
Também reconhecemos a necessidade do envolvimento dos três níveis de governo em programas articulados para gerarem maior impacto frente a realidade social de exclusão em que vivem muitas famílias.

1.1 PROJETO MENINA MULHER

O Projeto Menina Mulher, esta vinculada a Secretaria de Assistência Social em parceria com a Secretaria de Educação trabalha com adolescente na faixa etária entre 10 a 14 anos, no período contrario ao ensino regular, com o objetivo de auxiliar nas atividades escolares, oportunizar momentos de recreação, trabalhos semanais de aula de culinária, artesanato, e promover palestras com assuntos direcionados a faixa etária junto com CRAS (Centro de Referencia da Assistência Social), SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vinculo), CREAS (Centro de Referência Especializada em Assistência Social), Secretaria de Saúde, PROERD (Programa Educacional de Residência as Drogas e a Violência)

1.2 PROJETO RESGATE DA JUVENTUDE

Oferecer aos adolescentes, com idade entre 12 e 16 anos, a oportunidade de participar de um processo de formação sócio- educativa, através de aulas de reforço escolar, recreação, palestras, vídeos educativos, aulas de plantio de hortaliças e flores, que busquem possibilitar a vivencia pratica de um trabalho, a sua formação pessoal, o resgate da auto-estima e cidadania. O valor das vendas das hortaliças e mudas de flores vendidas no projeto é revertido aos próprios alunos.
1.3 PROJETO OLHANDO O FUTURO DOS NOSSOS JOVENS

Este projeto tem como objetivo oferecer cursos de formação inicial e continuada de trabalhadores para adolescente de ambos os sexos, matriculados na rede municipal, estadual ou particular de ensino, com idade entre 14 a 18 anos, visando qualificá-los para o mercado de trabalho.
Cursos ofertados: Noções de Secretariado, Atendente Comercial, Bijuteria, Informática Básica, Informática Avançada, Garçom Garçonete e Salão de Beleza.


1.4 PADARIA COMPARTILHADA

O projeto padaria compartilhada, tem como finalidade desenvolver ações de formação profissional e promoção social, voltadas para as mulheres, oportunizando sua profissionalização, integrando-as na sociedade e melhorando a qualidade de vida das participantes, este projeto atua também na geração de renda e oportunidade de trabalho, procurando diminuir o índice de pobreza das mulheres de faixa etária entre 20 a 59 anos, que vivem em situação de vulnerabilidade social, fazendo com que além de receberem treinamentos profissionalizantes na área de panificação e confeitaria, melhorem a auto-estima, a renda familiar e retornem seus estudos.

1.5 MÃES ATIVAS

Este projeto trabalha com mulheres da área urbana e rural, com atividades desenvolvidas em artesanatos, e parte de culinária. O projeto também tem o intuito de auxiliar na auto-estima e convívio social dos envolvidos.

      SEGURANÇA PÚBLICA


Na segurança pública os problemas relacionados à área são crescentes e complexos, ocasionados entre muitos fatores: decorrência de desajuste social, por uma média urbanização desordenada da cidade e muito, pela falta de emprego e renda para a população.
Através de um modelo de gestão solidaria, propor junto à comunidade, alternativas para o enfrentamento desta, que é sem dúvida, uma das maiores preocupações dos cidadãos.

1.1 Promover com o governo estadual e federal parcerias para a prática de ações buscando um maior nível de segurança e um melhor atendimento, disponibilizando se necessárias for equipamentos e pessoal da própria administração municipal
1.2 Criações de guarda de segurança em parceria em parceria com associações de moradores, policias, comerciantes e empresários e Justiça Pública e treinamento de agentes de monitoramento
1.3 Solicitar junto ao Governo do Estado o aumento da guarnição, viaturas e contingente
1.4 Solicitações de construção de postos policiais em bairros e Distrito
1.5 Incentivar a criação da Guarda Mirim
         

Ocorreu um erro neste gadget